Setúbal Voz

Nessun Dorma

multimédia

Galeria

Nessun Dorma

Sobre

“Que ninguém durma! Que ninguém durma!”

NESSUN DORMA estreou em 2020 no MAPS, Mostra de Artes Performativas em Setúbal, no centro da Cidade entre a Casa de Bocage e a Casa de Luísa Todi. Repetiu em Palmela no belíssimo Parque Venâncio Ribeiro da Costa e depois viajou para a zona histórica da cidade de Guimarães denominada de Couros.

O público tem um percurso no qual vai encontrando personagens que cantam árias de ópera. Cada personagem é acompanhada por um ou dois músicos.

“Liberdade, disseram, é o nome da doença que acometeu estas personagens. Foram confinadas e sujeitas a análises clínicas. Estas nada revelaram, a não ser níveis elevados de endorfina, oxitocina, dopamina e serotonina.
Foram identificados porque cantavam a plenos pulmões, faziam gestos de uma exuberância livre, pintavam o cabelo de verde e vestiam-se com o rigor de quem celebra a vida.
Os reputadíssimos cientistas que os identificaram, notaram também, que os infetados pela Liberdade tinham tendência a colher pedaços de sol como quem apanha laranjas e que as formigas subiam pelos seus corpos em busca dos sais de felicidade presente no suor dos enfermos.”

Partilhar